terça-feira, 13 de março de 2012

VI Colóquio Internacional de Filosofia da Educação - Filosofar: aprender e ensinar

Trata-se de um evento consolidado, desde 2002, com um amplo reconhecimento no campo da filosofia da educação, sendo um dos eventos mais importantes do país na área. Participarão palestrantes de diversos países da América Latina, Europa e Estados Unidos, bem como docentes e discentes dos principais programas de pós-graduação do país. Além das ricas discussões por ele promovidas, o evento é também tradicional pela produção de um livro com os principais trabalhos apresentados, lançados durante o próprio evento. Espera-se uma participação de em torno de 500 profissionais, o que tem sido a média das edições anteriores do evento.


HISTÓRICO

Os Colóquios Bianuais Franco-Brasileiros já têm uma rica história: Em junho de 2002, teve lugar na UERJ o I Colóquio Franco-Brasileiro de Filosofia da Educação, «O valor do mestre – igualdade e alteridade na educação», com a presença, dentre outros convidados, de Jacques Rancière e o lançamento de seu livro O mestre ignorante. A segunda edição do colóquio, em novembro de 2004, foi organizada sob o tema “O devir-mestre: entre Deleuze e a Educação”. A terceira edição do Colóquio fez homenagem ao filósofo francês Michel Foucault, nos 80 anos de seu nascimento em outubro de 2006. O IV Colóquio, em agosto de 2008 deixou de ter um filósofo como tema central e passou a ter uma temática. Nessa ocasião foi: “Filosofia, aprendizagem, experiência”. O V Colóquio, em setembro de 2010, passou a ser Internacional e não apenas Franco-Brasileiro. A sua temática foi “devir-criança da filosofia: infância da educação”. Em todas suas edições o colóquio reuniu uma média de público em torno aos 500 participantes.

OBJETIVOS
Os principais objetivos do Colóquio são:
Firmar o intercâmbio regular entre pessoas e instituições nacionais e estrangeiras com contribuições de relevância para a área de Educação, em torno a temas cruciais para a atualidade da filosofia da educação e, em particular, para a temática da infância;
Propiciar uma interlocução entre a filosofia contemporânea e o campo educacional explicitando:
1) Sua continuidade frente às tradições clássicas da filosofia;
2) Sua capacidade de consolidar e ao mesmo tempo recolocar os problemas da filosofia da educação através de problemáticas que lhe são específicas;
3) Suas ligações com reflexões feitas no campo da filosofia da educação no Brasil;
Mostrar que a reflexão filosófica concernente à educação tem efeitos significativos sobre os modos de ensinar, educar e formar a infância;
Contribuir para consolidar o campo do ensino de filosofia e, a uma só vez, examinar e problematizar os pressupostos e sentidos desse campo;
Fortalecer a formação de professores.

Nenhum comentário:

Pesquise artigos filosóficos na internet

Loading