quinta-feira, 30 de junho de 2011

Contra a necessidade metafísica da lei "o sal se dissolve em água"

Neste artigo, pretendo argumentar contra a tese de Alexander Bird (2001) de que a lei o sal se dissolve na água é metafisicamente necessária. Indico brevemente qual é o argumento de Bird a favor da necessidade de tal lei e provejo, posteriormente, um contra-argumento à sua tese. Bird, que de modo geral, quer mostrar que a existência de certas substâncias depende da veracidade de certas leis e que, por isso, a existência de tais substâncias implica a verdade de tais leis. Isso faria que as leis existissem sempre que existissem as substâncias que elas regulam; o que, segundo Bird, faria tais leis metafisicamente necessárias. Meu contra-argumento a Bird é que tal concepção apreende apenas o que chamamos de “necessidade fraca”, e não a necessidade forte que esperaríamos de uma lei metafisicamente necessária.


Citação: Cid, Rodrigo (2010). "Contra a necessidade metafísica da lei 'o sal se dissolve em água'". Abstracta: vol. 6, n. 1.

Nenhum comentário:

Pesquise artigos filosóficos na internet

Loading