segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Contra Salmon: Salvando as Teorias Conceituais

Neste texto pretendo expor alguns argumentos de Nathan Salmon, que visam mostrar que as teorias conceituais do valor informacional de termos singulares não podem ser o caso, e apresentar algumas objeções a esses argumentos, que visam restabelecer as capacidades das teorias conceituais de assegurar o referente e de ter um conceito como o valor informacional de um termo singular. Realizo tal objetivo, fazendo uma introdução inicial onde exponho brevemente o Enigma de Frege, depois mostro a própria apresentação de Salmon do Enigma junto com seus argumentos contra as teorias conceituais e, intermediariamente, apresento minhas objeções aos argumentos de Salmon. Finalmente, concluo que se as objeções forem satisfatórias, elas restabelecem as capacidades das teorias conceituais que teriam sido removidas pelos argumentos apresentados por Salmon.

Este artigo pode ser lido na íntegra na publicação impressa contida na citação a seguir.

Citação: Cid, Rodrigo (2011). "Contra Salmon: Salvando as Teorias Conceituais". Ítaca: n. 18, pp. 133-148.

Nenhum comentário:

Pesquise artigos filosóficos na internet

Loading