sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

Desafio da Investigação Filosófica #4

É com grande satisfação que anunciamos mais um Desafio da Investigação Filosófica!

Valendo desta vez um brinde exclusivo do blog, o desafio consiste em apresentar uma solução para o problema colocado abaixo. A primeira resposta considerada completa e correta será a vencedora. O resultado será divulgado em uma semana (no dia 15 de dezembro) ou quando houver vencedores, no caso de não ter sido resolvido até lá. As respostas devem ser escritas aqui no blog, diretamente nos comentários desta postagem, e devem conter o nome, o sobrenome, a cidade e o estado do (a) autor (a). A resposta deve ser oferecida em um único comentário (não consideraremos respostas divididas).

Aqueles (as) que desejarem propor um desafio ou oferecer uma premiação, podem enviar um email para desafiosdaif@gmail.com.

E o desafio número 4 da investigação filosófica é...

O Jogo das Serpentes

Você está há dias caminhando pelo deserto quando avista um encantador de serpentes sentado com uma flauta e três jarros tampados à sua frente. Você caminha até ele e pede por água. Ele diz que em um dos jarros há água enquanto nos outros dois há serpentes e que você poderá ficar com o conteúdo daquele que escolher. Você escolhe aleatoriamente um dos jarros. Sabendo de antemão o conteúdo de cada jarro, o encantador destampa um dos outros jarros e começa a tocar a flauta. Uma serpente sai de dentro dele. Agora restam fechados somente o jarro que você escolheu e o outro. Ele então lhe pergunta se você prefere permanecer com o jarro que escolheu ou trocar pelo outro.

A investigação filosófica quer saber: trocar de jarro aumentaria sua chance de acerto, diminuiria ou não mudaria qualquer coisa? Explique seu raciocínio.

(Esse desafio foi proposto pela Mayra Moreira da Costa com o oferecimento do Blog Investigação Filosófica)

7 comentários:

Luiz Maurício Menezes disse...

E o desafio continua...

Fabíola Menezes disse...

Fabíola Menezes de Araújo
Rio se Janeiro, RJ
se você trocasse de jarro, a chance de você conseguir a água aumentaria. já que ele retirou uma das serpentes, quer dizer que ele quer ficar com elas e quer que você saia com a água e não com as serpentes. já que ele perguntou se você quer trocar e o encantador quer ficar com as serpentes, o pote que você escolheu provavelmente está com uma serpente dentro dele. portanto, se você trocar você terá uma chance maior de sair com a água e não com as serpentes. Fazendo juz à boa vontade kantiana, o encantador não quer que você se equivoque.

Mayra Moreira da Costa disse...

Obrigada pela resposta! No entanto, o desafio ainda não foi solucionado. Vocês devem imaginar que dar a chance de vocês trocarem de jarro é apenas uma das regras do jogo, as intenções do encantador não são conhecidas ou relevantes para a solução. Após o jogador escolher um dos três jarros, ele sempre deve abrir um jarro que tenha sobrado e que tenha cobra e dar a chance do jogador fazer uma troca entre o que ele escolheu ou o jarro que sobrou.

rodrigo cid disse...

Deixa eu tentar... Para explicar as probabilidades, creio que precisamos falar de dois momentos: (1) o momento em que há 3 opções de vasos e (2) o momento em que há duas opções de vasos. No momento 1, as probabilidades de eu escolher o vaso com água eram de 1 em 3 (33,333...%). No momento 2, como só há dois vasos, a probabilidade de eu escolher o vaso com água é 1 em 2 (50%). Se eu considerar apenas o momento 2, mudar de vaso não aumentará a minha probabilidade, pois o outro vaso também tem a probabilidade de 50% de ter água. Se, em 2, fiquei com 50% de chance de acertar, então mudar não fará nada. Se eu resolver considerar minha chance no momento 1, quando eu tinha 33,333...% de chance, então mudar ou não de vaso, como não escolherei o vaso que eu sei ter serpente, o vaso escolhido me daria 50% de chance. Eu creio que mudar ou não mudar de vaso não mudará as probabilidades de se obter água.

Mayra Moreira da Costa disse...

Desafio ainda não solucionado. Obrigada pela resposta!

Flavio Reis disse...

Flávio Azevedo Reis
Três Pontas, Minas Gerais.

Após ele haver revelado um jarro com serpente, há duas alternativas. Se a escolha inicial foi de um jarro com serpente, é melhor trocar. Se a escolha inicial foi agua, não. Obviamente! Entretanto, na escolha inicial, a chance de escolher o jarro com serpente é 2/3. (há dois jarros com serpente e um com água). Isso significa que, após revelado um jarro com serpente, a melhor opção é trocar pelo outro, pois há 2/3 de chance de haver escolhido inicialmente o jarro com serpente e, portanto, após trocar há 2/3 de chance do jarro escolhido no final ser água.

Mayra Moreira da Costa disse...

Deasafio solucionado! Parabéns Flávio! Por gentileza, envie um email para desafiosdaif@gmail.com com seus dados postais, para o envio do seu brinde. Para quem ainda não entendeu a resposta, sugiro pesquisar por "Problema de Monty Hall" na internet (há muito material sobre isso). O desafio é uma adaptação desse famoso problema de probabilidade, que desafia o raciocínio da maior parte das pessoas, mas não daquelas que tiverem o cuidado de pensar de forma não apressada e que estejam dispostas a abrir mão do raciocínio comum. Boa investigação para tod@s!

Pesquise artigos filosóficos na internet

Loading