quinta-feira, 16 de junho de 2011

Sobre Gêmulas, Genes e DNA

Autor: João Francisco Botelho
Resumo: A historiografia da genética costuma atribuir sua origem à re-descoberta dos trabalhos de Mendel e sua união com a citologia. Esta historiografia ignora que a genética conserva pressupostos ontológicos de discussões anteriores sobre o fenômeno hereditário. Neste trabalho busco mostrar como um destes pressupostos ontológicos – a existência de um material hereditário – persiste na genética clássica e molecular, guiando a construção de suas teorias.

Leia este texto na íntegra aqui

Citação: Botelho, J. F. "Sobre Gêmulas, Genes e DNA".  Investigação Φ Filosófica: vol. E1, 2011.

Nenhum comentário:

Pesquise artigos filosóficos na internet

Loading