terça-feira, 30 de maio de 2017

GYGES E A TIRANIA DO ANEL

O Anel de Giges, Anônimo da escola de Ferrara, século XVI


GYGES E A TIRANIA DO ANEL: ANÁLISE DA PASSAGEM 359B-362C DA REPÚBLICA DE PLATÃO
Luiz Maurício Bentim da Rocha Menezes

RESUMO: Gyges foi o primeiro tirano a reinar na Lídia pela casa dos Mermnadae por volta do séc. VII a. C. Ele foi também o primeiro grande bárbaro com o qual os gregos estabeleceram contato. Em Platão, Gyges aparece ligado à narrativa de Glaúcon no Livro II da República (359b-360b), onde este conta os feitos daquele para se tornar o soberano da Lídia. Há uma dificuldade na passagem 359d que faz com que a identificação direta de Gyges com a narrativa de Gláucon seja prejudicada. Pretendemos através deste trabalho (I) apresentar algumas propostas de interpretação para a passagem, utilizando para isso não só o texto de Platão como as fontes líricas e históricas anteriores a ele; e (II) analisar a relação de Gyges com a tirania, perpassando pelo tema da justiça e da injustiça que são centrais na República. Com isso se pretende demonstrar que a narrativa de Gláucon é uma narrativa sobre a tirania, um problema importante para a filosofia política de Platão e que deverá ser resolvido por Sócrates.

PALAVRAS-CHAVE: República de Platão; Anel de Gyges; Tirania; Justiça; Injustiça.

Artigo completo: aqui




Um comentário:

Luz13 disse...

Gostei do Blog. Vejam esse vídeo e reflita independente de sua religião, filosofia, partido político…,o que Aline fala. https://www.youtube.com/watch?v=TIz7I6ANotY

Pesquise artigos filosóficos na internet

Loading