segunda-feira, 30 de julho de 2012

A Prova Científica da Existência de Deus


http://www.rcgg.ufrgs.br/extensao1.htm

3 comentários:

Henrique disse...

Ele me parece errar no slide que fala sobre estabilidade, na frase:

"-Os que apresentam uma evolução de condição mais provável para menos provável não são o resultado de um processo aleatório. Certamente a causa é alguma força visível ou invisível."

A primeira frase é falaciosa.

Eles podem sim resultar de um processo aleatório.

Como a probabilidade de assim ser é pequena, então, num processo aleatório, isso é impossível, se estivermos trabalhando com as dimensões prolongadas ao infinito: Por todo o tempo ou em todo o espaço, a probabilidade passa a ser igual a 0.

Porém, tais fenômenos são observados em outro contexto: EM apenas um pequeno ponto perdido em meio à imensidão do espaço (e não em todo o espaço), e apenas por um certo intervalo de tempo (que perde a significância frente a um tempo infinito).

E, nessas condições, estes eventos podem sim resultar de processos aleatórios.

E, pelo que me parece, o restante da argumentação é todo em cima desta frase, então ela pode ser refutada.

Bem, foi o que eu pensei ao ler =]

Emengue disse...

Embora eu me alinhe entre os que preferem raciocinar sem a necessidade de um Deus criador, acho que e" necessário que todos que se dedicam ou amam a ciência reconheçam: assim como aqueles que acreditam na existência de um Deus nao tem como comprovar isso, também os que nao acreditamos na existência de um Deus nao temos como explicar a origem de tudo, o universo, a heterogeneidade inicial imprescindível . E' preciso haver essa humildade e ambos os ladosnreconhecerem que nao há como se provar uma coisa ou outra.

Processos aleatórios podem ser imaginados para tentar-se prescindir de um ente preexistente, criador, mas aqueles que se dedicam 'a ciência, particularmente 'a física, sabem que nao se pode prescindir de uma heterogeneidade preexistente, primordial, inicial. E o heterogêneo se pode diizer que existiia, logo... O que era isso? Nao creio que seja Deus, mas quem quiser crer assim, há que se admitir que nao esta crendo contrariamente ao que a ciência sabe.

rodrigo cid disse...

Se há ou não a possibilidade de provar tal coisa, essa é uma questão filosófica interessante, que ela mesma deve ter argumentos a seu favor. E não termos como explicar a existência de heterogeneidade é também uma tese filosófica que precisa de argumentos. Há muitas teorias que tentam fornecer as provas que vc julga impossíveis de serem fornecidas.

Pesquise artigos filosóficos na internet

Loading