sexta-feira, 20 de abril de 2012

[UFOP] CONGRESSO INTERNACIONAL FANTASIA & CRÍTICA


UFOP
14-15-16 de maio de 2012



O objetivo do encontro é apresentar o enlace entre FANTASIA E CRÍTICA, visando salientar o teor destas nas formas de organização da realidade, na invenção do que foi chamado de “paradigmas” e também de “formas da objetividade”, e que são determinantes para o estabelecimento de uma visão de mundo. Desejamos promover uma reflexão crítica a respeito da potência da fantasia na criação das coordenadas simbólicas que organizam o assim chamado “mundo real”, dada sua importância fundamental nas formas de se organizar os dados percebidos e, mais ainda, no próprio modo de percebê-los. Ela integra a força cognitiva que orienta as produções vitais, habita a razão tanto quanto a sensibilidade e o “pano de fundo” do encontro. Se a referência aos paradigmas remete à Estrutura das revoluções científicas, de Thomas Kuhn, a metáfora do “pano de fundo” foi criada por Donald Davidson a partir da ideia segundo a qual todo pensamento é identificado por seu lugar em um padrão de convicções que o apóiam e lhe dão sentido. Nesse caso, é importante perceber o processo de conhecimento criticamente: não apenas como uma tentativa de adequação entre pensamento e coisa (res adequatio) e sim como uma relação triádica entre ambos colocados em um determinado – e determinante – “cenário”. Depois de sabermos que, tanto da perspectiva da ciência (Einstein) quanto da linguagem (Saussure), o ponto de vista do observador interfere na determinação do objeto, e, depois de Freud, que o ponto de vista nunca é totalmente objetivo, que a própria subjetividade escapa ao sujeito, a epistemologia tradicional fundada na cisão entre sujeito e objeto precisa considerar um terceiro termo, qual seja, a situação do trânsito entre ambos, historicamente sedimentados. Esse movimento revela a fundamental importância da dimensão estética nos padrões comportamentais que dirigem nossas vidas.


Mais informações em: 

Para vizualizar a programação: 

Nenhum comentário:

Pesquise artigos filosóficos na internet

Loading