sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

O que é uma lei da natureza?

Autor: Rodrigo Cid

O objetivo desta dissertação é defender a posição filosófica do substantivismo ante rem contra as suas supostas alternativas. Para isso serão apresentadas quatro posições com relação à natureza das leis naturais, duas formas de realismo e duas formas de anti-realismo, e as avaliaremos criticamente. As desvantagens de cada uma dessas teorias serão apresentadas a fim de mostrarmos que elas são insuficientes para fornecer uma metafísica capaz de explicar a contrafactualidade, a universalidade e a regularidade do mundo, e que apenas uma versão de uma das teorias realistas, o novo substantivismo ante rem, o consegue. Esse objetivo é importante, pois o conceito de lei natural é amplamente utilizado em inúmeras áreas das ciências e da filosofia e, de acordo com a posição que aceitarmos, ele poderá cumprir certos papéis teóricos, e não outros. Pretendemos mostrar que as leis do novo substantivismo ante rem são capazes de cumprir todos os papéis que os cientistas esperariam das leis naturais. 


Citação: Cid, Rodrigo (2011). O que é uma lei da natureza?. Dissertação de Mestrado para o PPGLM da UFRJ. Orientação: Dr. Roberto Horácio Sá Pereira e Dr. Guido Imaguire.

Um comentário:

Thiago Zoroastro disse...

Massa! Valeu por compartilhar!

Pesquise artigos filosóficos na internet

Loading