sábado, 27 de agosto de 2011

Caponi, Gustavo (2011). La segunda agenda darwiniana: contribución preliminar a una historia del programa adaptacionista. Centro de Estudios Vicente Lombardo Toledano: México.


Definitivamente longe da difundida ideia segundo a qual o Programa Adaptacionista foi a continuação de uma linha de pensamento que preexistia ao darwinismo, este livro mostra que, além de supor a prévia formulação da Teoria da Seleção Natural, a articulação, o reconhecimento e a consolidação de dito programa, foram o resultado de um processo complexo que demorou um século em consumar-se e que ainda não foi devidamente examinado pelos historiadores da Biologia. Em La segunda agenda darwiniana se re-examina o modo em que a relação entre o vivente e seu meio era percebida antes da revolução darwiniana (discute-se por isso o pensamento de naturalistas como Buffon, Lamarck e Cuvier); mostra-se como esse modo de pensar é subvertido pelo darwinismo; e se analisa o processo pelo qual, naturalistas como Alfred Russel Wallace, Fritz Müller, e o próprio Darwin, assumiram algumas conseqüências da Teoria da Seleção Natural, para, a partir delas, sentar as bases de um programa que só se consolidou no século XX com o advento da Genética Ecológica de Populações e da Ecologia Evolucionaria.

Nenhum comentário:

Pesquise artigos filosóficos na internet

Loading